Projeto Acaçá – Sabores e Encantos

0
672
*CAPACITAÇÃO PROFISSIONAL GRATUITA* Oficina de Modelagem e Adereços Carnavalescos

“Vivenciar um pouco da Cultura Afro-Brasileira”

O Projeto Acaçá – Sabores e Encantos foi dividido em 2 partes, de igual teor e importância. A primeira prevê ações itinerantes, levando a cultura e religiosidade afrobrasileira a locais e pessoas em situação de vulnerabilidade social, acrescido da limitação ao acesso, seja por questões físicas, financeiras ou por desconhecimento.

A segunda parte do projeto prevê ações sistemáticas, a serem desenvolvidas na sede do coletivo Ilé Ìyá Ódò Àse Aláàfin Òyó.
Itinerante: O Projeto Acaçá – Sabores e Encantos Itinerante, busca criar um espaço lúdico, alegre e educativo, propiciando vivenciar um pouco da cultura afro-brasileira, permeada pela oralidade, circularidade, gastronomia, musicalidade e dança.
thumbnail_40392942_2097889000460244_1280262891181703168_nObjetivamente realizamos: confecção do Acaçá, um dos itens da culinária afro brasileira, à base de canjica, coco e leite; rodas de conversas, partindo do conhecimento pré-concebido e exposto pelo grupo, em prol de ampliar o conhecimento da importância e influência do povo negro para a construção da nação brasileira, desmistificando preconceitos; apresentação musical, baseada na percussão e dança
afro, além de finalizar com a degustação do Acaçá, acompanhada do tradicional samba de roda, tão presente no nosso cotidiano brasileiro e festivo.

Subjetivamente promovendo a Cultura da Paz, da tolerância e do respeito, minimizando todas as formas de preconceito, sobretudo, considerando o público alvo, étnico racial e de gerações.
Ações na Sede:
Oficina de Modelagem e Adereços Carnavalesco
De 05.06.19 à 29.08.19
A oficina trabalha o fenômeno cultural que é o carnaval, através da costura, bordados artesanais, colagens, montagens e produções variadas que possam oportunizar aos inseridos alternativas de geração de renda. Esse projeto foi contemplado pelo Fomento Cultura da Periferia segunda edição.
Critérios: Maior de 18 anos, desempregado(a) e ter interesse em trabalhar no carnaval paulista.
Inscrições gratuitas através do link: (Acesse…AQUI)
Aulas às terças e quintas das 15:00 às 18:00 horas – de 05.06.19 à 29.08.19

Oficina de Percussão
Contexto histórico, antropológico e mitológico da origem e função dos instrumentos, iniciação na prática percussiva, e formação do grupo
para apresentações artísticas e participação nos eventos realizados pelo coletivo.

Oficina de Dança Afro
Na cultura e religiosidade africana acredita-se que a transformação está vinculada a circularidade, musicalidade a energia, (movimento),
logo entendemos a dança para além da linguagem corporal, mas como uma forma de oração e transformação.

Oficina de Cordas
A oficina nasce no segundo ano de desenvolvimento do projeto, visando atender à solicitação da demanda, por aulas de violão e
cavaco, entendendo a importância da arte musical e sonoridade rítmica às ações culturais, além da proposta de vincular as cordas à percussão em prol de ampliar a musicalidade afro-brasileira.

Oficina de Jardinagem
(Kosi ewé kosi Òrìsà)
A oficina tem a finalidade de sensibilizar e promover o respeito e os cuidados com a natureza, especialmente com as plantas.

Propomos enfatizar a pesquisa, estudos e o plantio de folhas medicinais e representativas no universo sagrado, integrando modelos de vasos e telas e materiais recicláveis vislumbramos a confecção de um mural de vasos sob a forma de um jardim suspenso.

Oficina de Capoeira
A cultura Afro-brasileira tem como princípio o respeito as 3 rodas sagradas: a roda de candomblé, a roda de capoeira e a roda de samba, sendo assim a capoeira pertence ao coletivo e vice verso.

A capoeira desenvolve a postura, o respeito, a atenção, estuda os conceitos históricos e mitológicos, a musicalidade, técnicas de percussão baseadas no atabaque e berimbau e os movimentos rítmicos, que entendemos como um jogo ou dança, desconstruindo o contexto de defesa pessoal, optando como defesa o diálogo.

Festival Gastronômico
Entendendo os festivais como ações incomuns e complexas, descrevemos anteriormente com detalhes proposta e objetivos, e salientamos que no contexto afro-brasileiro a alimentação é de suma importância pois simboliza as oferendas, cuja intenção é alimentar a alma (ancestralidade) e o corpo (vitalidade), como sinônimo de Àse (Axé),

Sarau “Nina Leôncio”
(em memória)
Nina Leôncio compôs o coletivo por 24 anos, suas poesias nos encantavam e mobilizava, de forma que queremos sua memória viva, o Sarau reúne as propostas desenvolvidas pelo coletivo em forma de apresentações artísticas, somadas a oficinas simultâneas de promoção da Beleza Negra, além de apresentações de parceiros.

Palestras/Seminário
Mãe Nãna, idealizadora do Projeto costuma dizer que não precisa ser negro tem que ter consciência negra, de forma que as palestras e
Seminários apontam para a importância de Consciência Negra o ano inteiro e não somente no mês de novembro. As temáticas serão
sempre voltadas para a educação étnico-racial: Combate a Intolerância Religiosa; Empoderamento da Mulher Negra; Genocídio da Juventude
Negra; Preconceito, Discriminação e Racismo; PPP Preto, Pobre e Periférico; A Periferia Invade a Academia; Adolescendo e Aborrecendo
– Conflitos de Geração; Ensino Superior: Resistência, Resiliência ou Coincidência?
Projeto Acaçá – Sabores e Encantos
Rua Moé 438-Vila Ré
>>Quer Saber Mais ? (Acesse…AQUI)