“CORRE!” de Andrio Candido

0
538
Ator - Produtor - Poeta - Escritor - Arte Educador de Literatura Periférica - Educador Social - Professor de Historia - Gestor de Projetos. Andrio Candido, Lança seu Primeiro Romance Infanto juvenil "Corre"

Lançamento do seu Primeiro Romance Infanto Juvenil

“O relógio despertava a quase um minuto marcando meio dia. Mudou para meio dia e um.
Abro os olhos e o quarto já estava claro, bem claro, em Setembro os dias parecem ser mais claros, mais iluminados”.

Bruno é um garoto da periferia de São Paulo que esta prestes a fazer 18 anos.

Entre amigos, família, deveres e compromissos, ele percebe as transformações ao seu entorno que o levarão a compreender uma palavra bem frequente no mundo adulto, Responsabilidade.

Para contribuir com a melhora do cenário da educação, a Fundação Educar DPaschoal criou em 2000 o “Leia Comigo!”.

O projeto edita, publica e distribui livros infanto juvenis com conteúdos que promovem valores e têm como premissa despertar a paixão pelos livros na vida da criança, incentivando a leitura e o prazer na busca pelo conhecimento.

O Autor da vez é Andrio Candido, estreando com o romance infanto juvenil “Corre”.
Serviço:
Lançamento do Livro “Corre”
Dia: 21 de Junho
Horas: 15 as 18hs
Local: Ocupação Cultural Mateus Santos
Endereço: Avenida Paranaguá 1633, Ermelino Matarazzo
Leitura Dramatica, roda de Conversa
Distribuição gratuita dos 100 Primeiros da Fila
Sobre o Autor:
Ator, escritor e produtor.
Formado em História na Universidade Guarulhos, e em Técnicas em Artes do Palco no Senac, Andrio Candido é um artista da periferia de São Paulo, que dialoga com múltiplas linguagens artísticas.

Atuando desde 2002 no teatro estudantil, quando venceu o 1 º Festival Estudantil de Teatro de Caraguatatuba com o prêmio de ‘Melhor Ator’, logo veio a São Paulo e passou a cursar oficinas publicas e workshop´s, e a atuar profissionalmente em series como Turma do Gueto, Carandiru – Outras Historias, Antônias, Telecurso 2000 -Aulas de Música e em longas metragens, Boleiros 2 de Ugo Giorgetti e Os 12 Trabalhos de Ricardo Elias.
20663988_1918288221778009_3902316170073249839_nEm 2010 passa a atuar na Cultura Periférica com a fundação do Coletivo Cultural Marginaliaria produzindo a atividade cultural de rua ‘O Levante’, o ‘Sarau na Cozinha’ na Biblioteca Pública de São Miguel Paulista Raimundo de Menezes e passou a compor o cenário cultural da cidade sendo convidado para a realização de saraus em equipamentos públicos, Sesc´s e ong´s.

Em 2014, escreveu, produziu, atuou e lançou o longa-metragem colaborativo ‘Um Salve Doutor’, colaborativamente com a rede de coletivos culturais da Zona Leste de São Paulo, o Programa VAI, o programa Jovem de Responsa – Ambev e o Instituto Criar.

Fundou o projeto Filhos de Ururaí, onde realiza intervenções poéticas nos vagões de trens da CPTM e Metro.
Atualmente, circula pela cidade exibindo o filme Um Salve Doutor, realiza formações, palestras e rodas de conversa sobre ‘produção cultural periférica’, “literatura e cultura negra” e divulgando seu primeiro livro de poesias, Dente de Leão.
>>Quer Saber Mais ?(Acesse…AQUI)