Cia. Palhadiaço

0
32
A Cia. Palhadiaço, grupo atuante no Itaim Paulista, zona leste de São Paulo, teve o lançamento do espetáculo Depósito interrompido devido à pandemia do coronavírus. O grupo retoma (online) o projeto com oficinas, bate-papos e exibição da peça pelas redes sociais.

Cia. Palhadiaço, grupo atuante no Itaim Paulista, zona leste de São Paulo, teve o lançamento do espetáculo Depósito interrompido devido à pandemia do coronavírus. O grupo retoma (online) o projeto com oficinas, bate-papos e exibição da peça pelas redes sociais.

A montagem explora a palhaçaria moderna para falar de um tempo onde a arte se tornou um vírus e a pessoas infectadas – de nariz vermelho, nos casos mais graves – são isoladas em um depósito. Para deter a infestação, um estado desarticulado é instituído com medidas severas para aniquilar a existência artística: os donos do poder constroem depósitos para isolar os infectado, chamados de “artistas”.

Com criação coletiva, dramaturgia de Matheus Barreto e direção de Rani Guerra, o espetáculo investiga uma vertente, denominada pelo grupo de “palhaçaria periférica”, que cria diálogos com a cidade, suas periferias e seus artistas com suas excelências artísticas, subversivas e resistentes. O texto de Depósito surgiu de um processo de pesquisa: os integrantes foram às ruas do Itaim Paulista e São Miguel Paulista em busca de uma narrativa, imersos em improvisos, jogos e entrevistas com habitantes em feiras, mercados e praças, questionando-os sobre como seria para eles se a arte fosse uma expressão proibida.

Programação online / Depósito
Grátis. Classificação: Livre
Oficina: Malabares com Bolinha
23 de junho. Terça, às 11h
ONDE ASSISTIR: https://www.facebook.com/casadeculturaitaimpaulista/
Descrição – Oficina online, abordando os aspectos técnicos da criação do malabares e da manipulação de objetos. Conduzida pelo malabarista e integrante da Cia. Palhadiaço Matheus Barreto, a aula segue as seguintes etapas, visamos uma base para os treinos, o aprimoramento e a criação de performances malabarística: Iniciação a prática (introdução ao malabares para quem está no início da prática); desenvolvimento de técnica (numerologia, exercícios e primeiros truques); aspectos avançados do malabarismos (truques avançados, maior quantidade de objetos e contemporaneidade na vertente).
Oficina: Malabares Bambolê
30 de junho. Terça, às 15h
Facebook da Casa de Cultura São Rafael: @ccsaorafael
Descrição – Conduzida pela bambolista e integrante da Cia. Palhadiaço Priscyla Kariny, a oficina online apresenta a história do bambolê com seus movimentos básicos: girá-lo pelo corpo (joelho, quadril, peito e pescoço), manipulação e pequenas transições. A aula inclui alongamento utilizando o bambolê, para evitar lesões e criar intimidade com o objeto; técnicas de impulso, utilizando qualquer parte do corpo; manipulação e variações de isolamentos, além de algumas transições. “É uma oficina de introdução ao bambolê como ferramenta de auto-conhecimento e descoberta do corpo. Além do aprendizado, a prática busca também o espaço emocional/metafísico de expansão”, comenta a artista.

Exibição do espetáculo Depósito
7 de julho. Terça, às 15h
ONDE ASSISTIR: https://www.facebook.com/ciapalhadiaco/
Sinopse – O enredo fala de um tempo onde a arte se tornou um vírus, uma doença com muitos sintomas e, nos quadros mais graves, o paciente fica com o nariz vermelho. Pra deter essa infestação artística, institui-se um estado totalmente desarticulado. Tomando medidas severas para aniquilar a existência artística, os poderosos criam depósitos para isolar as pessoas infectadas, chamadas de “artistas”.
Bate-papo: Processo de Pesquisa e Dramaturgia do espetáculo Depósito
14 de julho. Terça, às 15h
ONDE ASSISTIR:Instagram da Cia. Palhadiaço: @ciapalhadiaco
Descrição – Abordardagem sobre o processo criativo e a construção da dramaturgia do espetáculo Depósito com o ator e dramaturgo Matheus Barreto e com o diretor Rani Guerra.
No bate-papo eles falam sobre a pesquisa da Cia. Palhadiaço em ruas e feiras livres dos bairros Itaim Paulista e São Miguel Paulista, dentro do projeto Palhaço Marginal – A Lógica do Ilógico, contemplado pelo Programa para Valorização de Iniciativas Culturais – VAI, Modalidade 1.

Bate-papo: Palhace – A relação das Quebradas
21 de julho. Terça, às 15h
ONDE ASSISTIR: https://www.instagram.com/ciapalhadiaco/
Descrição – Conduzido pela atriz e palhaça Priscyla Kariny, o encontro coloca como pauta a construção artística da Cia. Palhadiaço no bairro do Itaim Paulista. E, para somar à discussão, Priscyla convida Joel Carozzi para dialogar sobre o trabalho como diretor musical, junto à a Cia. Palhadiaço no espetáculo Depósito, e sobre sua atuação na Trupe Lona Preta, no bairro Guaraú (sua quebrada).

Bate-papo: Produção Periférica
28 de julho. Terça, às 15h
ONDE ASSISTIR: https://www.instagram.com/ciapalhadiaco/
Descrição – Conduzido por Rogério Nascimento, palhaço e assistente de produção do espetáculo Depósito, o bate-papo virtual convida Everton Santos e Michele Araujo, da Pião Produções Artísticas. O encontro trarta das particularidades e do desenvolvimento da produção artísitca na periferia e da relação dos grupos com a produção de espetáculos.

FICHA TÉCNICA – EspetáculoDepósitoCriação: A Companhia. Texto: Matheus Barreto. Direção: Rani Guerra. Elenco: Jhuann Scharrye, Matheus Barreto, Priscyla Kariny e Rogério Nascimento. Direção musical: Joel Carozzi. Figurino: Eliana Carvalho, Paola Carvalho e Diego Felipe. Cenografia: A Companhia. Arte gráfica: Renan Preto. Fotografia e filmagem: Recicla Filmes. Assessoria de imprensa: Eliane Verbena. Produção executiva: Pião Produções Artísticas. Assistência de produção: Priscyla Kariny e Rogério Nascimento. Idealização: Cia. Palhadiaço. Duração: 60 minutos. Gênero: Tragicomédia. Classificação: Livre. Projeto contemplado pela 16ª edição do VAI – Programa para a Valorização de Iniciativas Culturais 2019, da Prefeitura Municipal de São Paulo.

DEIXE UMA RESPOSTA