Grupo Ôncalo a Street Band

0
103
Grupo Ôncalo é uma Street Band que interpreta canções que foram sucesso na voz de Tim Maia. Com releituras transformando balada em reggae, rock em baião e samba em funk, o grupo promete tirar o público do lugar com sua alegria e descontração. Idealizado pelo músico Éverson Bô, o Grupo Ôncalo começou sua trajetória a partir de duas bandas escolares da rede municipal de ensino.

Banda de jovens músicos que difunde o conceito de street band. Nesta apresentação, o grupo homenageia o compositor Tim Maia.

Nascido em 2011, no distrito da Penha, Zona Leste da cidade de São Paulo, o Grupo Ôncalo destaca-se por difundir o conceito de Street Band, composto por instrumentos de metais e bateria desmembrada. Sua história se inicia no terceiro bimestre de 2008, quando Everson Bô iniciou um trabalho voluntário ministrando oficinas de percussão aos membros da fanfarra das EMEFs Frei Francisco de Mont’Alverne e Presidente João Pinheiro através do convite do professor de música Uelinton Seixas, contratado pelas escolas para orientar os grupos de fanfarra.
As oficinas eram realizadas no contraturno escolar, distribuídas em três períodos, chegando a ocupar os finais de semana, aos sábados. Depois de alguns meses de trabalho, Everson passou ao cargo de oficineiro contratado, intensificando a quantidade de horas trabalhadas.
Em 2011, ao perceber o interesse de continuidade no trabalho desenvolvido nas oficinas, Éverson Bô decidiu reunir 05 educandas, resultando na formação do grupo Ellas+1.
Quando iniciaram os processos de apresentação do Grupo Ellas+1, foi comum ouvir a seguinte questão: “De onde surgiu essa garotada que toca tanto?”, e satirizando, os seus organizadores respondiam: “De uma caverna!”. As musicistas e músicos que faziam parte do grupo estavam “escondidxs” nas escolas, onde esses talentos não eram divulgados (e lapidados). Quando começaram a se apresentar, o público surpreendia-se por perceber a qualidade
técnica dos integrantes, contrariando a sua pouca idade. Já em 2012, devido à entrada mais homens na formação, o nome Ellas+1 parecia não ter mais coerência. Desta forma, partindo da brincadeira da
“caverna”, seus membros se rebatizaram de Ôncalo, do finlandês onkalo, substantivo de “gruta, caverna”, adjetivo de “escondido, oculto”.
A partir de então, o Grupo Ôncalo passou a ganhar destaque, dentre outros fatores, por seu volume de integrantes, pela presença majoritária de mulheres
musicistas e por ser composto por jovens periféricxs. Vale ainda ressaltar a escolha estética do grupo de agir, principalmente, em palcos não
convencionais, como ruas e vias de circulação de pedestres.
O grupo organizou suas apresentações através de um formato pioneiro de bateria desmembrada, por meio da qual xs bateristas e percussionistas tocam um kit de bateria móvel, permitindo performances coreográficas e interações com o público.
Em fevereiro de 2015 foi fundado o Instituto Cultural Ôncalo, entidade sem
fins lucrativos que administra o grupo e desenvolve outras atividades culturais
na cidade.
O instituto vem desempenhando o papel de incentivo à profissionalização dos membros do grupo, auxiliando na formação de músicos e musicistas.
No mesmo ano, o grupo realizou 88 shows na capital paulista, circulou em mais de 20 municípios do interior, além dos estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais. Encerrou o ano no SESC Santo Amaro com o show Tim Maia 70, após dois anos de homenagens ao “Síndico do Brasil”.
Buscando diferenciar-se da escolha do repertório
Serviço:
Dia: 28/10-14H
Local:Centro Cultural Tendal da Lapa
Gratuito
Grupo Ôncalo
Contatos: (11) 9 9159-7889
everson.bo@oncalo.com
Quer Saber Mais ?(Acesse…AQUI)

Compartilhar
Artigo anteriorGrafite no Paredão
Próximo artigoHIP HOP SALVA #1