GERAÇÕES DE MULHERES

0
697
O Coletivo Corpo Aberto surgiu a partir do desejo de viabilizar um espaço de pesquisa continuada sobre o movimento e as possibilidades de diálogos poéticos que reverberassem para cena. Além de nos interessar uma investigação sobre os limites entre as linguagens artísticas. Não uma dança ou um teatro, por exemplo, mas um híbrido de linguagens capazes de ampliar as possibilidades de comunicação.

O projeto “Gerações de mulheres” surgiu da busca por uma arte do encontro, da troca, da escuta atenta das muitas mulheres que resistem num país moldado pela violência contra o feminino.

Ouvir as que vieram antes. Saudar as que acabaram de chegar. Ocupar espaços antes negados. Possibilitar que a voz, a dança e a poesia outrora silenciada ecoe e partilhe saberes.

Que a experiência de empatia poética modifique um tempo embrutecido. Muitas mulheres, há gerações, resistem e lutam por um mundo mais solidário. Este projeto celebra esta força!

O tema será Mulheres Mestras. Conversaremos sobre a presença das mestras diante de festejos populares e práticas tradicionais, como o parto.

Teremos roda de conversa, exposição, intervenção, oficina e show.
Exposição do trabalho de pesquisa do espetáculo Rito de Mulheres do Coletivo Corpo Aberto
Bonecas recicláveis- Artesãs e bordadeiras Remilda e Delurde.
Bioabsorventes- Autoconhecimento dos ciclos hormonais femininos Bruna Cassia Sioux.
Pássaros de argila- Natalia Scromov.

Serviço:
Mulheres Mestras
Dia 28/Janeiro
11h. Oficina- Linhas e Pedrarias com as artesãs e bordadeiras Remilda e Delurde.
13h30. Roda de Conversa- DoulAmiga cuidados com o ventre e o nascer com a Doula Edite Neves.
16h. Intervenção – Vivência de Coco de Roda, com o Grupo de Coco Semente Crioula.
17h00 – Show com o Grupo LeLê de Oyá.
Local: Okupação Cultural Coragem
R. Vicente Avelar, 53- José Bonifácio- São Paulo
Próximo da Praça Brasil.
*Espaço criança com Andréa Lopes, Verônica Avellar e Danielle Rocha.
Quer Saber Mais ?(Acesse…AQUI)