“Gerações de Mulheres”

0
486
O Coletivo Corpo Aberto propõe uma ocupação do projeto “Gerações de mulheres”, como o tema Mulheres Trans e Travestis, na Oficina Cultural Alfredo Volpi. Foto/Pedro Ferreira

Pautado por esta temática, será realizada uma programação que amplie olhares e percepções sobre a riqueza artística, humana e diversa destas mulheres, para além dos estereótipos alimentados pelo senso comum e da hipersexualização de seus corpos.

Em 2017, foram mais de 150 crimes de ódio. “Gerações de mulheres”, pautado por as vozes de mulheres transexuais e travestis, visa promover um encontro de escuta, aprendizados e busca. Busca por uma humanidade ainda distante, onde caibam existências plurais. Onde não se morra por ser quem se é.

O Coletivo realizou em 2017 dois encontros na Casa de Cultura Raul Seixas onde percebeu a necessidade de ampliação de eventos que promovam a diversidade de manifestações artísticas. Percebeu também a necessidade de expandir programações que ofereçam atrações artísticas e rodas de conversa sobre as dificuldades de ser uma mulher transexual no Brasil porque ainda há muita desinformação e muito discurso de ódio no país.

Roda de Conversa – E se a professora fosse travesti?
com Amara Moira e Bruna Valin
Release : Tentam dizer que n’ao pertencemos ao ambiente das escola, que la não e nosso lugar, mas cada vez mais vamos vendo pessoas trans ingressando nas universidades e s ainda de la determinadas a voltarem pras salas de aula e serem as professoras e professores que nunca puderam ter.

Oficina – Auto- Performance – Teatro de si mesmo.
com Glamour Garcia.
Release: Todo processo artístico está ricamente interligado com a história, o contexto, a obra e linguagem que cada artista utiliza, vive e expressa suas opiniões, sua prática profissional e sua criatividade. Através de uma imersão mais profundamente sentimental em referências, experiências e vivências, discutiremos através do conteúdo de cada artista sobre suas questões mais inerentes e sensíveis, visando novas práticas e ideais, desenvolvendo uma linguagem e uma forma de expressão cada vez mais próprias e irreverentes.

SHOW #DELLACROIXT our Pocket Show com Mc DELLACROIX
Release: Artista, modelo e performer Mc DellaCroix, travesti preta que vem rimando no rap pra incomodar, questionar e expressar sua realidade marginalizada através da música, onde conquistou suporte para dialogar sobre sua realidade e verdades não ditas.

No segundo semestre de 2017, DELLACROIX apresentou ao público #QUEBRada, sua aposta como primeiro single de trabalho que marca a relação do seu corpo preto, pobre e favelado resistindo e (sobre)vivendo dia após dia no país que mais mata travestis, com produção de André Papi e Dir. Musical da artista Xërxës.

Em suas performances, Mc DellaCroix é acompanhada pelo seu DJ e produtor musical SKY, onde criam a cada show uma atmosfera, que permeia as sonoridades do hip hop, resgatando a cultura e essência dos mestres de cerimônia.
Serviço:
Gerações de Mulheres
Dia: 9 de Junho-Sabado
Horas:a partir das 15hs
Local: OC Alfredo Volpi
Endereço:Rua Américo Salvador Novelli,416, Itaquera
>>Quer Saber Mais ? (Acesse…AQUI)