Fragmento Urbano em “Encruzilhada”

0
100
Circulação de documentário, rodas de conversa e a publicação de um livro também englobam as ações do grupo em nova temporada em São Paulo

Encruzilhada, dialoga com as danças urbanas e as manifestações Artísticas Brasileiras

O grupo de dança Fragmento Urbano ocupa diversos espaços da cidade de São Paulo com o espetáculo Encruzilhada. A obra transita entre danças urbanas e manifestações artísticas brasileiras, e cria um dialogo com a atualidade e a ressignificação da ancestralidade.

A experiência adquirida pelo grupo através de pesquisas de linguagem- onde corpo, reflexões e teorias se entrelaçam – trouxe o desejo de apresentar criações contemporâneas em regiões periféricas e marginalizadas, mantendo a discussão sobre atualidade, ancestralidade e as relações sociais que a população permeia.

“Muita gente aqui tem fome, mas não é só de comida. Tanta coisa que se tem, mas é pouco repartida e o resto que te sobra é a pobreza dividida.Trago em contrapartida minha dança encruzilhada, vivo ela a cada dia, riqueza compartilhada, tenho a barriga vazia, mas a mente engatilhada”. Trecho do espetáculo

Contemplado pelo 23o Edital de Fomento à Dança da cidade de São Paulo, o grupo Fragmento Urbano busca dar voz ao projeto Encruzilhada: In.Corpor.Ações, que visa dar circulação ao espetáculo de dança “Encruzilhada”; ao documentário de dança “Encruzilhada: as marcas de um processo” – em diálogo com outros documentários – às vivências corpóreo-teóricas; e a publicação de um livro (marcada para dezembro), além das vivências e rodas de conversa com convidados que dialogam com a temática.
EncruzilhadaO grupo Fragmento Urbano, fundado em 2009, é formado por artistas independentes do cenário da dança. Seus trabalhos são construídos com base nas danças urbanas (Hip Hop) e vivencias das manifestações artísticas brasileiras.

O princípio conceitual do grupo ancora-se na circulação pelos mais variados espaços da zona urbana, vivenciando, em cada um deles, o público transeunte distinto. Nessa concepção, o espetáculo é fomentador da pesquisa continuada, que busca, por sua vez, encontrar na heterogeneidade social, étnica e cultural, estímulo e inspiração para suas composições.

” Quando o falar de si é falar de contextos periféricos, estes que se relacionam com a afro-diáspora, com os ameríndios e que dialogam com a ancestralidade e memórias pouco celebradas, o corpo também ganha voz. Dançar se torna palavra. Dançar a contra-história nos faz renascer. Dançar nos permite compartilhar e vivenciar o mundo, transformando em nossa encruzilhada”, contou o diretor do espetáculo, Douglas Iesus.

Julho
Vivencia com Alan da Rosa
Oficina Cultural Alfredo Volpi | Dias 04 e 05 (qui e sex) das 16h às 20h
Bate-papo sobre as estéticas periféricas
Duração: 4 h | Recomendação: Livre
Rua Américo Salvador Novelli, 416 – Itaquera, São Paulo – SP

Espetaculo “Encruzilhada”
Sarau Urutu | Dia 08 (dom) às 18h
Duração: 50min | Recomendação: Livre
Rua Urutu, s/n – Vila Jacuí – São Miguel Paulista

Espetáculo “Encruzilhada”
Slam da Guilhermina | Dia 20 (sex) às 19h
Duração: 50min | Recomendação: Livre
Metrô Guilhermina – Praça Anexa ao metrô Guilhermina – esperança (lado esquerdo ao sair da catraca)
Rua Astorga, 774

Espetáculo “Encruzilhada”
Casa de Cultura do Campo Limpo | Dia 21 (sab) às 14h
Duração: 50min | Recomendação: Livre
R. Aroldo de Azevedo, 100 – Jardim Bom Refugio

Agosto
Exibição de documentário – Casa de Cultura Hip Hop Leste
Documentário “Hip Hop In Favela” Lamartine Silva e Documentário “Encruzilhada: As marcas de um processo” – Fragmento Urbano | Dia 5 (dom) das 14h às 18h
Duração: 4h | Recomendação: Livre
R. Sara Kubitscheck, 165 A – Cidade Tiradentes

Espetáculo “Encruzilhada”
Ocupação Cultural Coragem | Dia 25 (sab) às 15h
Duração: 50min | Recomendação: Livre
(Praça Brasil)Av. Nagib Farah Maluf, s/n – Conj. Res. Jose Bonifacio

Vivencia com Lu Afrobreak
Espaço Habitat | Dias 07 e 08 (ter e qua) das 18h às 22h
Vivência prática aborda a temática estéticas periféricas l
Duração: 4 h | Recomendação: Livre
Rua Professor Francisco Pinheiro, 1150 – Vila Princesa Isabel – Guaianases

Setembro
Espetáculo “Encruzilhada”
Aparelha Luiza | Dia 27 (qui) às 20h
Duração: 50 min | Recomendação: Livre
Rua Apa, 78

Espetáculo “Encruzilhada”
Centro Cultural Galeria Olido | Dias 29 e 30 e 08 (sab e dom) às 18h
Duração: 50 min | Recomendação: Livre
Av. São João, 473 – República

Outubro
Vivencia com Flip Couto
Oficina Cultural Alfredo Volpi | Dias 09 e10 (ter e qua) das 16h às 20h
Vivência prática e teórica que aborda gênero
Duração: 4 h | Recomendação: Livre
Rua Américo Salvador Novelli, 416 – Itaquera, São Paulo – SP

Exibição de documentário – Biblioteca Municipal Cora Coralina
Documentário “Mulheres Negras: Projeto de mundo” de Day Rodrigues e Documentário “Encruzilhada: As marcas de um processo” – Fragmento Urbano | Dia 19 (sex) das 13h às 17h
Duração: 4h | Recomendação: Livre
Rua Otelo Augusto Ribeiro, 113 – Guaianases

Contatos:
Kelly Santos
Fones: (11)4352-3505) / (11) 9 5630-3505
midiapentefino@gmail.com
>>Quer Saber Mais ? (Acesse…AQUI)